Atendimento: Segunda á sexta | 07:00 às 13:00
(65) 3386-1482
Saúde e Saneamento
Coronavírus: Saúde registra quatro casos suspeitos após 34 dias sem notificações
Outros 21 estão em monitoramento porque estiveram em outras cidades ou em contato com pessoas com registros positivos da doença
quinta, 7 de maio de 2020 - POR: Luciane Carvalho | FOTOS: Luciane Carvalho

A Secretaria Municipal de Saúde e Saneamento (SESAS) registrou nesta quarta-feira (06) quatro casos suspeitos para coronavírus em São José do Rio Claro. As notificações ocorreram após 34 dias sem qualquer alteração no boletim epidemiológico.

Segundo o levantamento, trata-se de quatro moradores de localidades distintas, sendo um do PA Campinas, um do PA Santanna D’Água Limpa, um do Bairro Progresso e outro do Planalto. Dois deles haviam sido incluídos no sistema ainda no período da manhã. Outros 21 estão em monitoramento, ou seja, que estiveram em outras cidades ou em contato com pessoas com registros positivos da doença.

Dentre os sintomas relatados apresentaram febre, diarreia, dor de garganta e no corpo - parecidos com síndrome gripal ou dengue, mas que devem ser investigados conforme os protocolos normativos sanitários do novo coronavírus.

De acordo com a coordenadora da Atenção Primária, Sirlei Moretti, um dos atendimentos rurais ocorreu, inicialmente, por teleconsulta via WhatsApp.

“Os agentes de saúde se deslocaram ao encontro do paciente para coletar material e realizar os exames, já que o mesmo estive em um Estado com grande risco de infestação viral e teria apresentado sintomas leves”, comenta.

Apesar das ações intersetoriais contínuas no enfrentamento do coronavírus (Covid-19), a secretária da pasta, Lilian Tavares, destaca que as medidas preventivas são comumente desrespeitadas.

“Alguns moradores insistem em desrespeitar as normativas sanitárias e de prevenção. Não raro, é possível observar aglomerações e mal uso das máscaras de proteção facial. Há quem esteja promovendo confraternizações familiares e com amigos, além de ficarem muito próximas nas filas e comércios ou viajarem para locais com casos confirmados”, desabafa e exorta que “devemos manter o distanciamento e seguir as medidas preventivas para não ocorrer a transmissão por Covid aqui na nossa cidade”.

Os materiais foram coletados para exames e os pacientes deverão ser monitorados nos próximos dias para avaliar o quadro clínico individual.

PREVENÇÃO

As recomendações de prevenção do Ministério da Saúde no combate à COVID-19:

- Lave com frequência as mãos até a altura dos punhos, com água e sabão, ou então higienize com álcool em gel 70%.

- Ao tossir ou espirrar, cubra nariz e boca com lenço ou com o braço, e não com as mãos.

- Evite tocar olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.

- Ao tocar, lave sempre as mãos como já indicado.

- Mantenha uma distância mínima de cerca de 2 metros de qualquer pessoa tossindo ou espirrando.

- Evite abraços, beijos e apertos de mãos. Adote um comportamento amigável sem contato físico, mas sempre com um sorriso no rosto.

- Higienize com frequência o celular e os brinquedos das crianças.

- Não compartilhe objetos de uso pessoal, como talheres, toalhas, pratos e copos.

- Mantenha os ambientes limpos e bem ventilados.

- Evite circulação desnecessária nas ruas, estádios, teatros, shoppings, shows, cinemas e igrejas. Se puder, fique em casa.

- Se estiver doente, evite contato físico com outras pessoas, principalmente idosos e doentes crônicos, e fique em casa até melhorar.

- Durma bem e tenha uma alimentação saudável.

- Utilize máscaras caseiras ou artesanais feitas de tecido em situações de saída de sua residência.